como praticar a oração do coração

Sumário
  1. Introdução à Oração do Coração
  2. Orientações para a prática da Oração do Coração

Orientações para a Prática da Oração Do Coração

 "SENHOR JESUS CRISTO FILHO DE DEUS, TENDE PIEDADE DE MIM PECADOR"  

Numerosos Padres da Igreja nos dizem que a Oração de Jesus é "essencial" para o nosso crescimento espiritual. Ela proclama a nossa fé e mais do que qualquer outra, nos ajuda a ser capaz de "estar na presença de Deus." Isso significa que ela nos ajuda a concentrar a nossa mente exclusivamente em Deus com "nenhum outro pensamento" ocupando a nossa mente exceto o pensamento de Deus. Neste momento, quando nossa mente está totalmente concentrada em Deus, descobrimos uma relação muito pessoal e direta com Ele. A Oração de Jesus é ao mesmo tempo uma disciplina e uma oração. Como oração, ela proclama nossa fé em Deus e busca sua misericórdia para nossa reconhecida pecaminosidade. Como disciplina, a sua prática nos ajuda a controlar nossa mente e seus muitos pensamentos dispersos, para que possamos concentrar nossa atenção em Deus mais e mais freqüentemente durante a nossa vida diária. O objetivo é tornar-nos um com Deus e tornar nossa vida uma oração contínua e dedicada a agir de acordo com a vontade divina.


Fundamentação Teológica

A oração começa com o nome do nosso Deus e Senhor, Jesus Cristo. No livro de Atos nos é dito, "Não há nenhum outro nome sob o céu dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos." (Atos 4:12) O poder da oração vem da nossa proclamação do nome do Senhor. Na sua forma mais simples, nós confessamos a nossa fé em Jesus Cristo como nosso Deus e Senhor.


A Prática da Oração de Jesus

A forma como nossos santos Padres nos dizem para usar a Oração de Jesus é repetí-la mais e mais, centenas de vezes, como parte de nossa regra de oração diária. É melhor praticá-la pela manhã, já que este é o período em que nossa mente se encontra mais quieta. Reserve também um período no final do dia, de preferência ao pôr do sol caso lhe seja possível. Comece repetindo a oração verbalmente, sussurrando, com foco e atenção em cada palavra da oração. Repíta-a continuamente durante 15 minutos inicialmente, e depois expanda este tempo progressivamente até 30 minutos, conforme for percebendo o desafio de lidar com seus pensamentos. A Atenção é de suma importância. Seja sincero em sua oração e faça-a com contrição. É simples assim!


Dois Propósitos

O primeiro propósito é a adoração com arrependimento como toda oração. A este respeito, deve ser repetida com sinceridade total. Deve ser acoplada com uma atitude de arrependimento juntamente com humildade. 

O segundo propósito desta oração é nos ajudar a nos concentrar em nossa vida interior, acalmando-a, para que possamos concentrar nossa atenção totalmente em Deus. Podemos nos referir a isso como uma forma de purificação espiritual. Se estudarmos o comportamento humano, saberemos que o nosso cérebro é muito ativo e facilmente distrai nossa mente já que ela reage continuamente a vários estímulos através dos nossos cinco sentidos. A repetição desta oração é uma disciplina ascética para nos ajudar a concentrar a atenção da nossa mente em Deus, em vez da estimulação infinita de nossos sentidos e nossa orientação tendenciosa para buscar o prazer e distrações.


Três Estágios da Prática da Oração de Jesus

Há três estágios de progresso no uso da Oração de Jesus. Você começa com a Oração Verbal, então torna-se silenciosa ou mental e, finalmente, a oração contínua no coração. Começamos com a oração vocal. A humildade é essencial ao usar a Oração de Jesus, a humildade é um pré-requisito para toda a oração.


Atenção da Mente

Você pode esperar ser bombardeado com pensamentos como um enxame de mosquitos. Quando sua mente for distraída da oração por pensamentos, gentilmente, conduza-a de volta para a concentração na Oração em busca de Deus. Quando você perceber sua mente vagando, não deixe-a continuar neste caminho. Não aceite nem mesmo os bons pensamentos. Deixe sua alma assumir o comando e mova seu foco, sua atenção, de volta para as palavras da oração. A mente é naturalmente instável, mas Aquele que ordena todas as coisas pode controlá-la.


Paciência

Lembre-se, este é um processo e você vai passar por fases. Nossos esforços iniciais "atentos" nos levarão naturalmente ao Templo Coração. Uma coisa é orar com atenção, com a participação do coração; outra coisa é descer com a mente ao Templo Coração e de lá oferecer a Oração Mística, cheia de graça e poder divino. O segundo é resultado do primeiro. Tudo isso é realizado sob a orientação da graça de Deus. É inútil esforçarmo-nos para o segundo antes de adquirir o primeiro.


Quanto Tempo Orar

Como regra geral, você deve praticar um mínimo de 15 minutos qualquer sessão de oração. Qualquer coisa menos que isso não vai ajudá-lo a desenvolver a atenção necessária para a Oração do Coração. Você deve, então, esforçar-se para atingir um período de trinta minutos de prática, em dois períodos do dia, ao amanhcer e ao anoitecer (30 minutos em cada período). Você precisará medir o seu tempo para se certificar de que você está cumprindo o seu tempo desejado. Uma maneira é com um relógio. Outra maneira é usar um Cordão de Oração. Um cordão de oração tem 50 ou 100 nós normalmente. Segurando-o entre o polegar e o dedo indicador você pode passar um nó cada vez que você completa uma recitação completa da Oração de Jesus.


A Prática da Oração de Jesus é um Caminho Longo e Difícil

Uma luta é necessária na prática da Oração de Jesus, para transformar o nosso Ser e livrar nossa mente da dominação das paixões, e trazê-la para o coração para ser alinhada com Deus como seu foco. Não é uma tarefa simples. Reflita sobre a dificuldade que você encontrou no desenvolvimento de outras disciplinas que você aprendeu em sua vida, quer se trate de sua vida profissional, vida doméstica, ou um esporte. Você vai descobrir que o mesmo é ainda mais verdadeiro para a sua vida espiritual. A prática da Oração de Jesus requer um compromisso firme, muito esforço e tempo. A prática da Oração de Jesus deve tornar-se uma prática diária e enraizada em seu cotidiano. Não é algo que você pode permitir-se dizer: "Eu estou muito ocupado hoje", ou "Eu me sinto cansado demais para a oração." Ela deve tornar-se assim como outras coisas que você faz sem falhas, como o simples ato de escovar o dentes, tomar um banho, e outras atividades que não são tratadas como opções em sua vida. Assim é como a oração diária precisa encontrar seu lugar em sua vida. Ela precisa se tornar parte integrante dela.



Orientações Gerais para Sua Prática


  1. Comprometa-se com a Prática Diária
  2. Escolha um Local Tranquilo para a Sua Prática
  3. Prepare-se para Entrar em uma Conversa com seu Deus
  4. Sente-se, abaixe a cabeça, fique em Silêncio e deixe Ir Todos os Pensamentos de Sua Vida Diária. Feche os olhos, e imagine-se olhando para o seu próprio coração. Leve sua mente, ou seja, os seus pensamentos, de sua cabeça para o seu coração.
  5. Respire Naturalmente, sem Forçar e sem Tentar Controlar sua Respiração. Apenas Observe-a. Observe quando Inspira e Quando Expira o Ar de seus pulmões e Junte à Sua Respiração as Palavras da Oração, assim: Inspire "Jesus Cristo", Expire "tende piedade de mim". Diga movendo os lábios suavemente, sussurrando, ou pode simplesmente dizê-lo em sua mente.
  6. Repita a Oração Lentamente pelo tempo de 15 até 30 minutos.
  7. Concentre-se na Oração com Vigor. Quando perceber sua mente divagando, imediatamente traga-a de volta para a Atenção nas Palavras da Oração.
  8. O uso de um Cordão de Oração pode ajudá-lo a se concentrar.
  9. Quando terminar, permaneça sentado calmamente por alguns minutos antes de entregar-se às atividades diárias.
  10. Durante o restante do dia, durante seus afazeres diários, sempre que lembrar, repita em voz baixa, sussurrando ou mentalmente a Oração de Jesus.

A Oração do Coração é uma Liturgia dentro de nós. A igreja é o nosso corpo, o altar é o nosso coração, e a "palavra" de Deus, o filho de Deus, cujo nome é pronunciado em nosso coração, é o nosso sacrifício. 

-- São Máximo, o Confessor



Os Frutos da Oração

Se começamos a praticar a Oração do Coração, muitas bênçãos virão.  Vamos apontar algumas.

  • Será mais difícil pecarmos. O "nome" de Jesus, vai nos proteger.
  • Seremos mais eficazes e produtivos no nosso trabalho; nossa mente estará mais nítida e mais focada.
  • Nos libertaremos de  sentimentos depressivos, medos, angústias e maus hábitos.
  • A Paz nascerá em nosso coração, e essa Paz irá aumentar gradualmente. Mesmo quando algumas coisas tristes acontecerem, no Coração Interior haverá Paz.
  • Nosso amor e 'sede' por Deus aumentará, e naturalmente anelaremos dedicar mais de nosso tempo às coisas divinas.
  • Nosso comportamento para com os outros será naturalmente mais gentil, mais educado e mais compassivo.
  • Por vezes, lágrimas de amor por Deus correrão em nossa face.
  • Começaremos a entender o Evangelho mais profundamente.
  • Algumas pessoas podem até mesmo ter algum conhecimento ou visões incomuns, entretanto, nunca devemos pedir a Deus para nos dar tais graças. Mesmo que as recebamos, nunca devemos considerar que este é o nosso propósito. Milagres são apenas um presente. Na verdade, então, devemos orar mais profundamente, porque se nós começamos a conhecer a Deus mais de perto, não devemos parar e prestar atenção ao presente, mas ao Doador.
  • Algumas vezes vemos a Luz dentro de nós. Esta é a visão de Deus. No monte Tabor, durante a Transfiguração, os três apóstolos viram Jesus, como Ele É, na realidade, cheio de Luz. Esta Luz não é deste mundo, nem do sol, mas a Energia Divina de Deus, uma "parte de Deus"; é a mesma Luz que veio abençoar o Templo de Salomão, a mesma Luz que resplandeceu no rosto de Moisés. Esta Luz é a presença do Reino de Deus. A Luz do Paraíso.


Pergunta: Queria tanto conseguir praticar a Oração de Jesus, mas não consigo me concentrar. O que fazer?

Resposta: Nossa mente, por natureza, é dispersiva e desatenta. Somos como um pequeno tronco num oceano bravio, cujas ondas (nossos pensamentos) nos lançam para lá e para cá, sem que tenhamos nenhum controle, por isso, no início, é muito normal que tenhamos dificuldade em nos concentrar. Tenha paciência e seja persistente em sua prática diária. Sempre que a tormenta (pensamentos, distrações, etc) vier, calmamente observe, deixe ir embora e retorne à Oração de Jesus, pacientemente. Ela (a Oração), é sua Âncora Divina, que vai mantê-lo firme até que a tormenta passe, e você possa contemplar a beleza do Oceano Divino.



Página 2 de 2Próximo
Isaac, o Sírio

Santo Isaac, o Sírio

"Penetra ansiosamente na casa do tesouro que está dentro de Ti, e assim verás a casa do tesouro dos céus, porque as duas são a mesma coisa, há apenas uma entrada para ambas. A escada que leva ao Reino está escondida dentro de Ti, e é encontrada em tua própria Alma. Mergulha em Ti Mesmo, e em tua Alma, descobrirás os degraus para subir."

Contato

Utilize o formulário abaixo para falar conosco.
CAPTCHA
O Espírito Ora em Nós

"Desde o momento em que o pensamento não cessa de repetir a Oração de Jesus, e o espírito está totalmente atento à invocação do nome divino, a luz do conhecimento de Deus cobre com sua sombra a alma, como uma nuvem inflamada em chamas"   Teolepto de Filadelfia

Notificação Por Email

Quer ser notificado por email quando o site for atualizado? Informe seu email no campo abaixo e clique no botão "Subscrever"